728x90 AdSpace

  • Novidades

    quarta-feira, 24 de novembro de 2010

    Cristãos assassinados por amarem a Cristo.

    Todos os anos milhares de cristãos são mortos por sua fé. A missão Portas Abertas tem relatado inúmeros casos onde crentes em Jesus são brutalmente assassinados. Um exemplo disto é o caso de Dois irmãos que foram mortos a tiros no norte do Iraque na segunda-feira, dia 22. Trata-se do último de uma série de crimes contra essa minoria religiosa no país.

    Os irmãos Saad e Raad Hannah estavam trabalhando na loja de produtos automobilísticos deles, em Mossul, quando homens armados chegaram a atiraram neles, fugindo em seguida, segundo a polícia.

    Um funcionário de um hospital de Mossul confirmou as mortes. As fontes pediram anonimato, pois não estavam autorizadas a falar com a imprensa. Vários cristãos estão deixando o Iraque, em meio ao temor por causa de uma série de ataques contra pessoas dessa religião.

    Caro leitor, mais de 250 milhões de cristãos no mundo sofrem algum tipo de perseguição. Segundo a missão Portas Abertas a Coréia do Norte ocupa a primeira posição na classificação mundial de países por perseguição ao Cristianismo. O levantamento, organizado todos os anos pela Missão, é um referencial da liberdade religiosa no mundo e revela os Estados onde a Igreja sofre as piores restrições. Pela sétima vez consecutiva, o regime comunista do país asiático aparece como o maior opressor, seguido pelo reino muçulmano da Arábia Saudita e pelo Irã, cujo regime islâmico completa três décadas este ano.

    A fé fundada por Maomé também é a religião oficial no Afeganistão, na Somália e nas Ilhas Maldivas, nações que ocupam a quarta, quinta e sexta posições, respectivamente. O Afeganistão subiu na lista este ano, como resultado do aumento da pressão por parte do movimento talibã ano passado. Embora tenha sido derrubado do poder pelas forças militares dos Estados Unidos em 2002, o grupo ainda é muito influente no país e extremamente violento em relação à Igreja Cristã. O Iêmen, também muçulmano, ocupa a sétima posição e o Laos, no Sudeste Asiático, permanece como o oitavo colocado da lista.

    Dois novos países aparecem entre os dez primeiros: Somália e Eritréia. Na Somália, o número de incidentes contra cristãos aumentou dramaticamente em 2008, com relatos de pelo menos dez assassinatos, o que explica sua subida do 12º lugar para o quinto neste ano. Na Eritréia, não houve grandes mudanças na falta de liberdade religiosa para os cristãos, mas o deslocamento de outros países fez com que ela figurasse entre os dez piores. Já na comunista China, cujo governo ainda fecha igrejas, prenda e moleste fisicamente muitos cristãos, não houve relatos de crentes mortos por causa de sua fé.

    O Butão, pequeno país budista da Ásia, deixou de integrar a relação dos dez primeiros porque adotou uma Constituição mais abrangente em termos religiosos. Em compensação, em 2008, a situação da liberdade religiosa para os cristãos piorou sensivelmente no Paquistão, Iraque, Mauritânia, Argélia, Nigéria (Norte), Indonésia, Bangladesh e Cazaquistão. A Índia, embora se denomine a maior democracia do mundo, assistiu a episódios de estrema violência contra os cristãos ano passado. Mais de mil deles foram massacrados por grupos radicais hindus no Estado de Orissa. Em muitas das nações listadas, o evangelismo é proibido por lei e muçulmanos que deixam a fé de Maomé para aderir ao Cristianismo podem até ser condenados à morte.

    Diante disto, cabe a nós orarmos a Deus rogando misericórdia sobre milhões de irmãos que por causa de Cristo e so Evangelho sofrem todo tipo de perseguição.

    Fonte: http://renatovargens.blogspot.com/


    • Commentários do Bloger
    • Comentários do Facebook Comments

    0 comentários:

    Item Reviewed: Cristãos assassinados por amarem a Cristo. Rating: 5 Reviewed By: Arthur Paulo
    Scroll to Top