728x90 AdSpace

  • Novidades

    quinta-feira, 28 de julho de 2011

    DIA 29 – Oremos pelos pouco ou não evangelizados – dos Xetá aos Zo’e


    Ainda oremos pelas 121 etnias pouco ou não evangelizadas. Em nosso país, há claros casos de discriminação das ações missionárias evangélicas. Um deles se ambienta entre a etnia indígena Zo’é, na qual uma missão evangélica foi tolhida de sua permanência, mesmo em detrimento do desejo do grupo indígena e das competentes ações no estudo da língua e da cultura. O outro caso se dá entre os Suruwahá, pois, a despeito do relevante trabalho missionário e do desejo do grupo, há restrições em relação à presença missionária.
    Tais situações se tornam mais e mais frequentes no movimento evangélico missionário entre indígenas. Devemos orar por portas abertas e por um tratamento justo por parte do Estado brasileiro e de organizações não governamentais.
    Sabemos, porém, que a fé cristã, ao longo dos séculos, expande-se entre barreiras e obstáculos. Devemos orar para que o Senhor mantenha abertas as portas para o trabalho que já caminha entre os indígenas, abra portas novas e fortaleça os missionários que vivem sob perseguição. Também oremos por um bom relacionamento dos agentes missionários com o Estado brasileiro e com as ONGs em cada região.
    Devemos interceder por liberdade e portas abertas entre todos os povos, mas façamos isso hoje, de forma especial, pelos povos Suruwahá e Zo’é.
    Oremos:
    1. Pelos Xetá, no Paraná, em Santa Catarina e em São Paulo (86 pessoas), e pelos Xocó, em Alagoas e em Sergipe (380 pessoas);
    2. Pelos Xukuru-Kariri, em Alagoas, na Bahia e em Minas Gerais (2.950 pessoas), e pelos Yabaana, no Amazonas (90 pessoas);
    3. Pelos Yakarawakta, no Mato Grosso (30 pessoas), e pelas etnias Yanomami (Sanumá, Xamatari, Ninam e Ajarani), no Amazonas e em Roraima (16.000 pessoas);
    4. Pelos Yaruma, no Mato Grosso (população incerta), pelos Yuhupdeh, no Amazonas (1000 pessoas), e pelos Yawalapiti, no Mato Grosso (233 pessoas);
    5. Pelos Yurupari-Tapuya, no Amazonas (população incerta), e pelos Zo’é, no Pará (421 pessoas).

    • Commentários do Bloger
    • Comentários do Facebook Comments

    0 comentários:

    Item Reviewed: DIA 29 – Oremos pelos pouco ou não evangelizados – dos Xetá aos Zo’e Rating: 5 Reviewed By: Lejota Soluções
    Scroll to Top