728x90 AdSpace

  • Novidades

    segunda-feira, 7 de outubro de 2013

    Israel relógio histórico e profético da humanidade


    O primeiro ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, discursou na Assembleia Geral das Nações Unidas, fazendo a seguintes afirmações
    "No nosso tempo estão sendo cumpridas as profecias bíblicas. Como disse o profeta Amós [9:14-15], Eles construirão de novo as cidades que estavam em ruínas e morarão nelas. Farão plantações de uvas e beberão do seu vinho; cultivarão pomares e comerão as suas frutas. Plantarei o meu povo na terra que lhes dei, e eles nunca mais serão arrancados dali "Gospelmais
    Será certo este texto bíblico aplicado a Estado de Israel atual? ou apenas foi uma má interpretação do texto bíblico? Ou realmente ele está correto e sua conclusão?

    Amós profetizou em cerca de 760 A.C. O período de Amós foi um período de segurança política para Israel, que se refletiu no orgulho e negligência das classes governantes.
    E trarei do cativeiro meu povo Israel, e eles reedificarão as cidades assoladas, e nelas habitarão, e plantarão vinhas, e beberão o seu vinho, e farão pomares, e lhes comerão o fruto.E plantá-los-ei na sua terra, e não serão mais arrancados da sua terra que lhes dei, diz o Senhor teu Deus. Amós 9:14-15
    Uma promessa de que Israel seria restaurada à sua terra, que seria reconstruída e prosperaria. Mas isso já aconteceu vejamos quando:

    Em 14 de maio de 1948, terminou o Mandato Britânico. O domínio da Grã-Bretanha sobre Israel perdurou por trinta anos (1918-1948). À época, a população judaica na Terra de Israel era de 650 mil pessoas e já formava uma comunidade organizada, com instituições políticas, sociais e econômicas bem desenvolvidas. Israel já era uma nação em todos os sentidos, faltando apenas a oficialização do Estado. Naquele mesmo dia foi proclamado o Estado de Israel, de acordo com o plano de partilha da ONU (Organização das Nações Unidas) de 1947. Ciro Zibordi
    Desde que os judeus foram expulsos de Israel pelos romanos em 70 d.C, eles jamais regressaram até 1948. A restauração de Israel como Estado foi profetizada e cumprida na história recente da humanidade
    Quem jamais ouviu tal coisa? Quem viu coisas semelhantes? Poder-se-ia fazer nascer uma terra num só dia? Nasceria uma nação de uma só vez? Mas Sião esteve de parto e já deu à luz seus filhos. Isaías 66:8
     (Leia também Ezequiel 37:1-14, Isaías 60:8)

    Podemos então perceber um cumprimento profético no Estado de Israel Apesar de posições contraria a esta (aqui) pregadores e teólogos afirmam ser verdade a afirmação do primeiro ministro israelense, un destes é Charles Spurgeon que fez essa seguinte declaração acerca de Ezequiel 37. 
    O significado desse texto bíblico, conforme o contexto revela, é muito evidente. Diante do significado dessas passagens, haverá primeiro uma restauração política dos judeus em sua própria terra e um retorno à sua própria identidade nacional. Em segundo lugar, existe no texto e em seu contexto uma declaração muito clara de que haverá uma restauração espiritual, uma real conversão das tribos de Israel ao Senhor.
    Eles haverão de gozar de uma prosperidade nacional que os tornará famosos; mais ainda, serão tão gloriosos que Egito, Tiro, Grécia e Roma esquecerão sua própria glória à luz do grande esplendor do trono de Davi. Se as palavras têm significado real, este deve ser o sentido desse capítulo. Spurgeon 
    Israel é o relógio histórico e profético, Uma outra profecia relacionadas à questão do tempo, profecia e cronologia é a das “setenta semanas” em Daniel 9.24-27. Deus diz a Daniel que essas setenta semanas estão decretadas sobre “teu povo” e sobre “tua santa cidade”, isto é, Israel e Jerusalém. 

    Conforme o próprio Jesus profetizo acerca deste tempo e do povo Israel 
    E cairão ao fio da espada, e para todas as nações serão levados cativos; e Jerusalém será pisada pelos gentios, até que os tempos dos gentios se completem. Lucas 21:24

    Aprendei, pois, esta parábola da figueira: Quando já os seus ramos se tornam tenros e brotam folhas, sabeis que está próximo o verão.Mateus 24:32

    Devemos portanto está seguro que Israel faz parte do plano de Deus e estamos vivendo no final do tempo dos gentios e próximo do arrebatamento da igreja:

    Leia também (Mateus 24:15-22 e Romanos 11:25)

    por Jefferson Sales 07-10-2013
    • Commentários do Bloger
    • Comentários do Facebook Comments

    0 comentários:

    Item Reviewed: Israel relógio histórico e profético da humanidade Rating: 5 Reviewed By: Lejota Soluções
    Scroll to Top