728x90 AdSpace

  • Novidades

    quinta-feira, 27 de outubro de 2016

    Tribo africana se converte e realiza batismos ao ouvir falar de Jesus pela primeira vez


    Pela primeira vez em séculos, uma tribo Africana chamada “Os pigmeus Batwa” está sendo apresentada a Jesus Cristo. “Nós fumamos, bebemos e fizemos bruxarias. Fomos adoradores do diabo”, disse Jovanis Nyirakayanje, um Batwa.
    Durante séculos, os Batwa eram moradores de floresta e viviam em cavernas e árvores. Também caçavam nas florestas equatoriais da África. “Nós costumávamos viver como animais na selva”, disse Jovanis.
    Dr. Scott Kellermann, um médico americano que estuda o povo Batwa, fez uma descrição sobre seus hábitos. “Eles possuem baixa estatura e caçam com redes e lanças de ponta envenenada. Também se alimentam das árvores ou raízes do solo”, informou.
    “Eles são da idade da pedra”, Kellermann explicou. “Eles não tinham instrumentos de pedra, pois foram encontrados poucos registros desse modo de vida”, disse.
    Os Batwa eram conhecidos como os “guardiões da floresta”. Mas tudo isso mudou em 1992, quando o governo na capital de Uganda, Kampala decidiu transformar seu habitat em um parque nacional e Patrimônio Mundial para gorilas da montanha em perigo de extinção.
    Existem cerca de 750 gorilas de montanha no mundo e 350 vivem dentro da floresta de Bwindi. “O resultado foi que os Batwa foram expulsos da floresta”, disse Kellermann. Depois de séculos vivendo em cavernas e árvores, o Batwa se tornaram refugiados, sem moradia, sem comida, sem roupas e sem abrigo.
    Casal leva o Evangelho aos Batwa
    Um casal de missionários deixou sua casa na capital da Uganda e se mudou para a pequena aldeia de Kisoro, localizada na orla da selva Equatorial, para começar um ministério entre os pigmeus. “Comecei a pregar a mensagem de esperança aos desesperados”, disse Gerald.
    O resultado desse trabalho está sendo transformador. Centenas de pigmeus ouviram falar de Jesus pela primeira vez. Jovanis foi um dos primeiros convertidos. “Foi a primeira vez que alguém nos falou de Jesus”, disse Jovanis ao site CBN News. “Fomos servos do diabo, mas depois que ouvimos que Cristo morreu por nossos pecados, isso mudou as nossas vidas”, ressaltou.
    Jovanis agora é um dos evangelistas da equipe de Gerald. “Meus queridos amigos e meus colegas pigmeus, eu estou mostrando o Cristo que recebi. Eu era um bêbado. Eu era um fumante”, disse Jovanis a um grupo da tribo Batwa. Desde então, dezenas de Batwas estão sendo batizados.
    Milagres entre os Batwa
    A missionária afirmou que milagres estão acontecendo entre os Batwa. As pessoas que foram diagnosticadas com AIDS estão sendo curadas, incluindo uma menina à beira da morte. “Eles trouxeram a menina aqui. Ela estava quase morta, e eles começaram a orar por ela”, contou Barbara Gerald. “Eles oraram, oraram por cinco horas eu estava lá. Eu não podia acreditar que eu estava lá. A criança foi curada. Glória a Deus!”, celebrou.
    Confira um vídeo sobre a ação do casal missionário:
    Com informações Guiame
    Imagem: Reprodução
    • Commentários do Bloger
    • Comentários do Facebook Comments

    0 comentários:

    Item Reviewed: Tribo africana se converte e realiza batismos ao ouvir falar de Jesus pela primeira vez Rating: 5 Reviewed By: Lejota Soluções
    Scroll to Top