728x90 AdSpace

  • Novidades

    quarta-feira, 26 de maio de 2010

    [SD Entrevista] Juliana Ayres


    Uma entrevista super descontraída com a jornalista, designer e faz tudo na igreja Juliana Ayres.


    [SD] Qual o seu trabalho e o que faz no Reino de Deus?

    Juliana Ayres responde: Sou jornalista e stylist por formação. Jornalista e designer por atuação. Tenho em Santos uma agência de comunicação e design, a WORSHIP ( www.agenciaworship.com.br ), um presente dado por Deus, literalmente.

    Na igreja e fora sou serva em tempo integral. Temos que ser, né?! Na igreja faço de tudo um pouco: recebo as pessoas, limpo a igreja, alinho as cadeiras, sou líder do ministério de louvor, prego de vez em qdo, enfim, no que precisar, tô dentro. Só fujo de ficar na escolinha c/ as crianças, geralmente, são muito mal educadas. (risos)

    [SD] Nesta cultura pós-moderna que vivemos, aonde o cristianismo poderia explorar mais para alcançar mais vidas?

    Juliana Ayres responde:Qualquer lugar é lugar, né?! Mas não é onde, mas como. Nós já exploramos e saturamos muito, o problema é a mensagem errada que está sendo passada.

    As igrejas estão inchadas, o que interessa hoje é quantidade e não qualidade. Nosso evangelismo está errado, estão oferecendo Cristo como se fosse um produto, aí fazem uma oração de "vã repetição", sem a vida ter noção de que ela é uma pecadora, não tem arrependimento. Aí entram na igreja e acham que vai ser um mar de rosas.

    É que nem oferta das Casas Bahia: "Extra, Extra, aceite Jesus Cristo e ganhe o estilo de vida "american dream": casa, carro, saúde e muita felicidade. Sabe?! "Compre uma máquina de lavar e leve o sabão em pó".

    Nosso evangelismo tem que ser repensado. Jesus não deixava ninguém ir com Ele sem que fizesse um exame introspectivo, sem que a pessoa pensasse, realmente, se queria negar a si mesma e seguí-lo. Porque se não fica superficial....

    [SD] Qual o maior problema com a arte e a cultura que os cristãos enfrentam em nossos dias?

    Juliana Ayres responde: Na igreja isso quase não existe. Sei que tem uma galera se esforçando para movimentar nosso meio nesse sentido, mas em larga escala quase não acontece. As pessoas não se interessam, as lideranças não incentivam...

    Tem um pessoal que faz sarau, peças bacanas e encontros de música e poesia, música sem pensar só em fama, quadrinhos, ilustração, enfim, muitos estão se levantando p/ fazer algo. Todas as pessoas que fizeram algum tipo de revolução, se levantaram quase que sozinhas, mas eles são a faísca que acaba incendiando outras pessoas.

    Quando as pessoas se convertem, acham que tudo o que tem no mundo é satânico, nada mais presta, as coisas não são assim. Claro que nem tudo serve para nós, tem muita coisa misturada por aí, mas tem também muita arte secular boa.

    Mas no nosso meio a moda é ser levita, ter uma banda, aí é pop. Ser adorado, pq hj em nosso meio a música virou objeto de adoração. A música e os cantores, que deixam ser adorados.

    [SD] Tivemos nestes dias a virada cultural, em São paulo, e o viradão cultural no Rio de Janeiro, porém não teve participação da música cristã evangélica conforme noticiado neste site aqui. O que poderia ser isso ?

    Juliana Ayres responde: Tudo o que vem do Senhor é loucura para o mundo. As trevas não desejam nem entendem a luz. Isso é mais do que normal. Mas muita coisa já mudou, não acha? Hoje vemos em diversos horários cristãos participando de programas em tvs com temática não-cristãs, cristãos em revistas sendo entrevistados para mostrarem sua arte....

    Não são eles que tem que entrar na igreja, como está acontecendo, mas a igreja que tem q entrar neles.

    Vamos fazer um viradão cristão, pronto!! 

    [SD]O que é ser relevante nestes dias ?

    Juliana Ayres responde: Bom, hoje, para a maioria dos cristãos ser importante é quem prega na sede das igrejas, quem tem um bom carro, boa casa, quem consegue fazer mais pessoas cair no chão "no poder", quem reúne mais pessoas numa igreja. Coisas do gênero.

    A "atração" não é mais Deus e sua palavra, mas o homem, a personalidade. Os valores mudaram, infelizmente.

    Uma congregação colocou uma faixa na entrada do templo escrito assim: "Ele estará aqui". Quem vê parece que estão falando de Cristo, mas estavam falando do apóstolo deles q iria visitá-los. Como se o apóstolo fosse o messias deles.

    É como uma frase que a @claudia_bessa postou esses dias no twitter: "Na maioria dos lugares é difícil conseguir levar alguém a uma reunião da qual a única atração é Deus" A. W. Tozer

    As coisas estão nesse nível....

    [SD] A música Cristã ou "gospel" em nosso país o que acha?

    Juliana Ayres responde: Uma boa parte: muito comércio, interesse e idolatria. Mas tem os que não se dobraram.

    [SD] Bem você como jornalista qual pergunta faria para você mesma?

    Juliana Ayres responde: Preciso mais de respostas do que de perguntas. (mais risos).

    [SD] O que Deus é para você?

    Juliana Ayres responde: É engraçado como paramos para pensar quando nos colocam perguntas do tipo. É difícil falar de quem amamos, porque nunca encontramos palavras para expressar a intensidade do nosso amor. Deus é meu Papai e meu Senhor. O autor da minha vida, meu amor maior. Nasci morta e Ele me ressuscitou.

    [SD] E para você qual o segredo de ser segundo o coração de Deus?

    Juliana Ayres responde: Não conseguiria te responder isso pq Deus não tem regras, não é como uma bula. Mas uma coisa sei: Ele não resiste a um coração quebrantado e que o ame de todo coração.

    Contatos
    Twitter: @julianaayres
    E-mail: julianaayres@gmail.com 
    Blog:  www.juliana-ayres.blogspot.com

    Um poema de Juliana Ayres

    SIGO EM FRENTE
    Sem saber eu andava.... andava.... em círculos
    Num deserto sem guia / Sem saber andava sem direção,
    sem marcha
    sem freio na mão
    Seguia em frente até eu saber que alguém morreu em meu lugar
    para me direcionar
    para eu me encontrar
    para eu me salvar
    para eu enxergar
    Enxergar outro caminho
    O Caminho Para eu ir por Ele
    Para eu me guiar por Ele
    Para eu vencer nEle
    Por que para Ele e por Ele são todas as coisas 






     

    • Commentários do Bloger
    • Comentários do Facebook Comments

    0 comentários:

    Item Reviewed: [SD Entrevista] Juliana Ayres Rating: 5 Reviewed By: Lejota Soluções
    Scroll to Top