728x90 AdSpace

  • Novidades

    quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

    O segredo da felicidade.

    Em um mundo materialista como o nosso onde o sucesso é medido pelo dinheiro que se tem no bolso ou pelas “bênçãos” relacionadas à prosperidade, não é “politicamente correto” experimentar dores e perdas. Na verdade, o cristianismo vivido por alguns não admite sequer sofrimentos.

    Nesta manhã, em meu momento devocional lembrei-me de um hino evangélico comumente cantado em milhares de nossos templos por esse “brasilzão” de me Deus:

    “Se paz a mais doce me deres gozar,
    Se dor a mais forte sofrer,
    Oh, seja o que for, Tu me fazes saber
    Que feliz com Jesus sempre sou!
    Sou feliz com Jesus,
    Sou feliz com Jesus, meu Senhor!
    Embora me assalte o cruel Satanás,
    E ataque com vis tentações;
    Oh! Certo eu estou, apesar de aflições,
    Que feliz eu serei com Jesus!
    Meu triste pecado, por meu Salvador
    Foi pago de um modo cabal!
    Valeu-me Senhor, oh, mercê sem igual!
    Sou feliz, graças dou a Jesus!
    A vinda eu anseio do meu Salvador,
    Em breve virá me levar
    Ao céu, onde eu vou para sempre morar
    Com remidos na luz do Senhor!”


    Este hino foi escrito por Horatio G. Spafford (1828-1888).

    Meses antes do grande incêndio que atingiu a cidade de Chicago, em 1871, Horatio tinha feito pesados investimentos financeiros em uma área que foi totalmente destruída pelo fogo. Não bastasse esse terrível abalo financeiro, Spafford passou por uma dolorosa perda de um filho. Esta morte trouxe grande sofrimento para toda a família. O piedoso advogado, procurando um tempo de refrigério e descanso, resolveu viajar com a esposa e as 4 filhas para a Europa, onde se encontraria com Moody e Sankey em uma cruzada evangelistica na Inglaterra, em 1873.

    Em novembro daquele ano, devido a inesperados compromissos de negócios, Spafford precisou permanecer em Chicago; mas ele enviou sua esposa e as suas 4 filhas conforme já estava programado no navio S.S. Ville du Havre. Sua expectativa era seguir viagem dias depois. No dia 22 de novembro de 1873, o navio sofreu um acidente e naufragou em 12 minutos. Dias depois, os sobreviventes finalmente chegaram em Cardiff, no Pais de Galles, e a senhora Spafford mandou um telegrama ao seu marido:“SALVA, PORÉM SÓ”. As 4 filhas morreram naquele naufrágio. Imediatamente após receber o telegrama da esposa, Spafford tomou um navio e foi ao encontro de sua esposa. Próximo ao local do acidente, Spafford profundamente comovido e sustentado pelo Deus que inspira canções” nas noites escuras, começou a escrever : Se paz a mais doce me deres gozar..."

    Relato emocionante não é verdade? Sem sombra de dúvidas a felicidade do ponto de vista cristão não está relacionado aos bens ou ao dinheiro que possuimos. Segundo a Bíblia a felicidade se deve ao fato único de que Cristo nos amou morrendo em nosso lugar dando-nos vida eterna. Como é bom saber que o Deus a qual servimos reina soberanamente e que apesar de tudo Ele dever ser louvado. Sem sombra de dúvidas Cristo é o segredo da felicidade!

    Bendito seja o seu nome pelo séculos dos séculos, amém

    Fonte: http://renatovargens.blogspot.com/
    • Commentários do Bloger
    • Comentários do Facebook Comments

    0 comentários:

    Item Reviewed: O segredo da felicidade. Rating: 5 Reviewed By: Arthur Paulo
    Scroll to Top