728x90 AdSpace

  • Novidades

    sábado, 13 de agosto de 2016

    A seleção de Fiji louva a Deus após medalha de ouro histórica.


    Time cantou louvores após vencer partida e têm períodos de oração como parte de seu treinamento

    Fiji é um pequeno país formado por ilhas no Oceano Pacífico. Chegou para as Olimpíadas Rio 2016 com 52 atletas para competir em 10 modalidades. Não tinha grandes expectativas de ganhar medalhas nestes Jogos.
    Surpreendentemente, na noite desta quinta-feira (11) conquistou sua primeira medalha na história dos Jogos Olímpicos. E foi de ouro! Após uma vitória de 43 a 7 sobre o Reino Unido – que ano passado os derrotou no mundial da modalidade.  Os fijianos do Rugby de Sete tiveram na Arena Deodoro um momento memorável.
    Durante o jogo, vários atletas apontavam para o céu após marcarem pontos. No final, os jogadores se reuniram no centro do gramado, fizeram uma oração. Abraçados, cantaram o hino “We have overcome by the blood of the lamb” [Vencemos pelo sangue do Cordeiro].

    “Primeiro de tudo, dou graças ao Senhor, ele tem sido a nossa fonte de força… Lembramos uns aos outros como o Senhor nos tem conduzido nos últimos dois anos. O Deus que nós servimos está aqui conosco no Rio”, afirmou o capitão Osea Kolinisau. Quando foram questionados pela imprensa a razão para o seu sucesso, foram unânimes em dizer que era Deus.
    O capitão da equipe declarou ainda que sempre estimulou seus colegas. “Eu disse aos garotos: Deus nos chamou para fazer isso. Ele nos escolheu e quando nos escolheu, nos justificou e nos até trouxe glória hoje”.  O primeiro-Ministro Voreqe Bainimarama fez questão de ir a campo logo após a conquista para comemorar o feito. Ele também é presidente da federação de rugby do país, o que demonstra a importância da modalidade esportiva nas ilhas.
    Curiosamente, a história de Fiji é marcada pelo período de colonização pela Inglaterra, país a quem derrotaram na final. Foram os missionários cristãos que levaram tanto a religião quanto o rugby para as ilhas. “Até hoje os dois permanecem ligados”, acredita Adam Perrin, que dirigiu o documentário Pacific Warriors – que mostra a trajetória do esporte em território fijiano. “Fé e Rugby são uma grande parte de quem eles são”, sublinha.
    Oração faz parte do treinamento  
    Em entrevista ao Christian Today, o time de Rugby de Fiji contou que a equipe ora e estuda a Bíblia juntos como parte de seu treinamento.
    “Nós, fijianos, não temos grandes centros de treinamento como a maioria das outras equipes… Mesmo se perdemos sabemos que há algo maior… Sabemos que se chegamos até aqui não é pela nossa força, mas era por que Deus tinha um plano”, testemunha o avançado Leone Nakarawa.
    “Pessoalmente minha fé é minha superpotência”, afirma rindo o grandalhão Vereniki Goneva, que pesa mais de 100 kg. “Sabemos que a nossa fonte de força e poder é Deus”, comemora.
    O capitão da equipe de Rubgy de 15, Akapusi Qera,  também testemunho disso. “A fé é uma grande parte da nossa vida como jogadores de rugby de Fiji. Ela nos ajuda a ficarmos unidos como equipe. Sabemos que existe um Deus a quem nós servimos e ele está sempre lá para nos ajudar”.
    Com informações de Christian Today via GospelPrime
    • Commentários do Bloger
    • Comentários do Facebook Comments

    0 comentários:

    Item Reviewed: A seleção de Fiji louva a Deus após medalha de ouro histórica. Rating: 5 Reviewed By: Lejota Soluções
    Scroll to Top