728x90 AdSpace

  • Novidades

    segunda-feira, 1 de agosto de 2016

    Atletismo Espiritual


     “Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos na verdade, correm, mas só um leva o premio? Correi de tal maneira que o alcanceis. Todo aquele que luta de tudo se abstém; eles fazem para alcançar uma coroa corruptível, nós, porém uma incorruptível. Pois eu assim corro, não como a coisa incerta; assim combato, não como batendo no ar” (I Co 9. 24-26).

    Todo atleta deve ter ALVO e lutar por ele até alcançar, isso faz parte da competição atlética em um estádio, além do alvo ele necessita de cumprir alguns pré-requisitos para alcança-lo. O apóstolo Paulo, em sua carta a Igreja de Coríntios, fez uma alegoria entre a corrida de um atleta em uma competição num estádio com a carreira espiritual, ele expõe que tanto um como o outro deve fazer para alcançar o premio. É impossível falar de atletismo sem discorreremos sobre o Esforço, o preparo físico, superação, prosseguir sem perder o alvo, conhecer as estratégias dos antagonistas, a chegada ao final e o premio. O atletismo espiritual é mais preciso do que qualquer outra concorrência.

    I. Esforço para alcançar o prêmio
    Um dos segredos da vitória é o esforço do competidor, pois é exigido de cada muito empenho e dedicação, para não correr em vão (I Co 9.24; Gl 2,2), o atleta deve fazer valer todos os seus esforços. ”Uma coisa que você aprende em corridas é que os outros nunca esperam por você.”

    II. Preparo físico para superar os obstáculos
    O atleta deve ser uma pessoa forte o suficiente para superar os obstáculos, o preparo físico é essencial para que ele correr bem, pois é preciso que antes da competição ele absolva todos os nutrientes necessários para nãocorrer em vão (Gl 5.7; Fp 2.16), abstendo-se também de qualquer coisa que por ventura venha lhe prejudicar na carreira (I Co 9.25). Os atletas precisam ter domínio próprio, muitas vezes se abstém da esposa, dos filhos, amigos, alguns alimentos e se concentram naquilo que vão fazer. Da mesma maneira é o preparo espiritual os atletas espirituais devem deixar todo embaraço lhes rodeiam e avançar (Hb 12.1).

    III. Prosseguir para o alvo
    Em direção ao alvo ele não pode se desviar, um pequeno desvio pode fazê-lo perder o prêmio (Fp 3.14). Todos os atletas no estádio buscam, mas um só leva o premio, eles buscam uma recompensa efêmera, nós, porém uma muito mais preciosa e incorruptível que durará para sempre, ou seja, eterna (I Co 9.25), isso é o que faz toda diferença, cada um de nós estamos engajado na grande batalha da fé (Jd 1.3b), em todos os significados da vida devemos lutar com afinco e determinação sem perder os nossos objetivos, pois muitas pessoas têm perdido o seu objetivo não sabendo mais o que realmente querem, pararam no meio do caminho, desanimaram e deixam de lutar. “Abandonar o alvo é deixar de lutar”“Vencer é lutar; parar é perder.” Três coisas são indispensáveis para os atletas, principalmente o espiritual: PERSISTÊNCIADOMÍNIO PRÓPRIO eABNEGAÇÃO.

    IV. Conhecer as estratégias dos adversários
    Numa competição atlética, todos têm interesse em saber quais as estratégias usadas pelos seus antagonistas. Por isso eles têm muita cautela e não serem obsessivos a ponto de prejudicar-se. Jamais devemos nos dar por seguros, mas saiba, que por mais fraco que o seu adversário, ele é o seu adversário e tem estratégias e busca oportunidade (I Pe 5.8). Cuidado com a autoconfiança! O inimigo luta para desestabilizar, espiritualmente nós somos seus adversários, devemos ter cuidado para não nos tornarmos presas fáceis. Seja cauteloso diante das suas estratégias. Neemias, na reconstrução dos muros de Jerusalém estava diante de grandes inimigos, eles zombavam dele (Ne 4.2,3) com a finalidade de interromper a obra e fazê-lo desviar o alvo. Esses inimigos agem atualmente da mesma maneira. Quantos querem ver o nosso fracasso?; Quantos menosprezam aquilo que fazemos? Irmãos, estamos engajados em uma grande batalha espiritual e não podemos perder o nosso alvo. (Fl 3.14). Existem pessoas que estão desapontadas e descrentes porque perderam o alvo de tudo da vida.

    V. O final da carreira
    Estamos certos que chegaremos ao final da carreira, é grande a nossa luta para chegar ao final, mas com o revestimento da força do Senhor (Ef 6.10), revestindo-se de toda a armadura de Deus e lutar contra nosso arqui-inimigo “o Diabo” (Ef 6.11-13), estando firme, vigilante e perseverante (Ef 6.14-18). Após o termino de toda luta e carreira, chegaremos e cruzaremos a linha de chegada “Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé (2 Tm 4.7)

    Após cruzar a linha de chegada, o atleta aguardará com muita expectativa o momento da coroação “o prêmio” que se dará num momento solene, na presença dos seus competidores. Paulo partiu na certeza de ser coroado (2 Tm 4.8), “Igualmente, o atleta só não é coroado, se não lutar legitimamente.” (2 Tm 2.5). O “prêmio” que Paulo se refere é a coroa incorruptível, a vitória da salvação eterna, o alvo precioso da vida cristã. Lutemos até o fim para alcançar o nosso também.


    • Commentários do Bloger
    • Comentários do Facebook Comments

    0 comentários:

    Item Reviewed: Atletismo Espiritual Rating: 5 Reviewed By: Lejota Soluções
    Scroll to Top