Header Ads

Header ADS

Coisas que não fazem sentido na religião, na política, na filosofia...

Por Gutierres Fernandes Siqueira

01. Se o sentimento da culpa é um instrumento de opressão do cristianismo para escravizar os homens, como dizem os “foucaultianos de resenha”, então os psicopatas seriam serem seres livres e saudáveis? Ora, o psicopata não conhece o sentimento “opressor da culpa“. 

02. Se toda verdade é relativa, então por que eu não posso relativizar o relativismo? 

03. Por que todo grupo social que fala em “justiça social” a cada frase proferida costuma apoiar regimes totalitários? Ora, existe justiça na injustiça? 

04. Por que os homens lutam pela preservação dos ovos das tartarugas marinhas, mas são a favor do aborto? 

05. Por que o Rio de Janeiro tem mais “ONGs para cuidar de crianças de rua” do que, propriamente, crianças de rua? 

06. Por que todos nós condenamos o hiper-arminianismo e pouco falamos do, igualmente herético, hiper-calvinismo? 

07. É claro que não deve existir aula de religião em uma sociedade laica, mas então por que todos os alunos brasileiros são submetidos ao marxismo, ou seja, a religião política que tem até um profeta apocalíptico e barbudo? 

08. Por que todos os pregadores da prosperidade ensinam a “doutrina da semente” e sempre andam na forca para pagar seus programas? A fórmula mágica não funciona para eles?

09. Por que o problema do mundo é sempre externo na mentalidade contemporânea? E a responsabilidade individual?


Via: Teologia Pentecostal

Nenhum comentário

Comente e deixe sua opinião

Fique com Deus

Tecnologia do Blogger.