• Novidades

    segunda-feira, 13 de abril de 2020

    “Mar da Galiléia” transborda pela primeira vez em 300 anos

    Após uma chuva recorde, em Israel, o mar da Galiléia transbordou de forma inesperada. Veja vídeo

    O “Mar da Galiléia”, no nordeste de Israel, começou a transbordar de forma brusca e inesperada com grande ondulação na noite de sábado (11). O fenômeno não ocorria há 300 anos. Através de redes sociais, moradores das zonas próximas compartilharam vídeos em que se vê como a água do lago salta bruscamente. Veja abaixo!
    O interessante do fenômeno é que se trata de um corpo de água que não tem ondas, porém, se pode observar o movimento das ondas como se tivesse maré própria. Ainda que seu nome seja “Mar da Galiléia”, na realidade é um grande lago de água doce que se encontra a 209 metros abaixo do nível do mar.
    Mar da Galiléia
    O Mar da Galiléia tem uma grande importância para o povo de Israel. De acordo com a tradição judaica, é o lugar onde trabalharam vários discípulos de Jesus, pois eram pescadores. Também é o lugar onde ocorreu o famoso relato bíblico de Jesus acalmando a tempestade quando caminhou sobre a água.
    Por outro lado, muitos expressaram sua preocupação ante a série de fenômenos simultâneos que têm ocorrido recentemente no planeta. O acontecimento ocorre em meio ao alerta internacional para a pandemia e após se registrar um aumento da atividade do Cinturão de Fogo do Pacífico, pelo qual 15 vulcões explodiram no decorrer do mês de abril; a outro de vários movimentos sísmicos em diferentes partes do mundo
    Além disso, o transbordamento do Mar da Galileia acontece no âmbito da Semana Santa, época que recorda a paixão de Cristo, que convocou os seus discípulos para se reencontrarem na Galileia depois da sua ressurreição.


    Fonte:Comunhão



    ECONOMIZA CODE
    36103401
    Disponível no Google Play
    • Comentários
    • Comentários pelo Facebook
    Item Reviewed: “Mar da Galiléia” transborda pela primeira vez em 300 anos Rating: 5 Reviewed By: Jefferson Sales
    Volta ao topo