• Novidades

    domingo, 4 de agosto de 2019

    Nosso objetivo em um culto de adoração

    Ainda me lembro da primeira vez que eu planejei um culto de adoração para a nossa igreja em Raleigh, NC. Eu era um estudante de seminário e na equipe como um líder de adoração em tempo parcial. Foi emocionante escolher as músicas, orações e momentos de exortação. Eu não sei se eu planejei ou conduzi com muita habilidade naquele fim de semana, mas eu estava tão grato pela oportunidade, especialmente porque me fez começar a fazer uma pergunta muito importante – uma pergunta que eu ainda estou perseguindo quase 15 anos mais tarde:
    O que estou tentando realizar ao planejar um culto de adoração corporativa?
    Superficialmente, esta parece ser uma pergunta muito fácil de responder. Cantar, orar, ler a Bíblia e pregar. E, na sua forma mais simples, isso é certo. Esses são os elementos essenciais de um culto semanal. Mas existem centenas de maneiras de organizar e implementar essas peças. Que músicas você vai cantar? O que você vai dizer? Que tipo de coisas vai encher suas orações? Deve haver um objetivo em mente ao planejar? E se não, como é que você saberá se alcançou o objetivo?
    Eu quero dar-lhe uma frase que me ajuda a organizar alguns desses pensamentos e perguntas. É uma espécie de filosofia e teologia de adoração enrolado em uma ideia de 2 partes:
    No culto público queremos corporativamente nos deleitar na glória de Deus.
    Abaixo eu vou pincelar duas vezes sobre as diferentes partes desta frase. Neste post, vamos começar com a glória de Deus.
    A Glória de Deus
    Eu amo a definição de meu amigo Andy Davis para a glória de Deus:
    A glória de Deus é a exibição radiante dos atributos de Deus.
    Esta definição aponta duas coisas realmente importantes sobre glória. Em primeiro lugar, nas Escrituras, glória está ligado a luz. Pense Shekinah glória, o Monte da Transfiguração, ou a luz descrita no Novo Céu e Nova Terra. Mas em segundo lugar, não é apenas uma exposição de luz física; é também um dos destaques dos atributos de Deus.
    Um dos lugares mais claros para ver isto está em Êxodo 33. Moisés pede para ver a glória de Deus. E você se lembra o que Deus diz de volta? Ele diz:
     
    Farei passar toda a minha bondade diante de ti e te proclamarei o nome do SENHOR; terei misericórdia de quem eu tiver misericórdia e me compadecerei de quem eu me compadecer. (Ex 33.19 – ARA)
     
    Você entendeu o que aconteceu lá? Moisés pede para ver a Sua glória e Deus diz a ele sobre seus atributos. Ele essencialmente prega um sermão sobre como Ele é.
    Aqui estão algumas outras coisas que podemos recolher de definição da glória de Deus de Andy:
    Se queremos que as pessoas vejam a glória de Deus é preciso dizer-lhes sobre quem é Deus. Precisamos mergulhar nossos encontros na Palavra de Deus. Precisamos informar as pessoas sobre seus atributos, sobre Seu caráter. Como alguns disseram, “Nós precisamos cantar a Palavra, orar a Palavra, pregar a Palavra, ler a Palavra e ver a Palavra nas ordenanças.” A glória de Deus é vista com os olhos da fé por pessoas que realmente conhecem a Palavra. Teremos uma imagem cada vez mais clara de Deus e como viver para a Sua glória se melhor conhecermos e compreendermos a Palavra de Deus.
    E, cavando mais fundo, pense por um momento sobre onde vamos ver os atributos de Deus, ou seja, a glória de Deus, mais claramente na Palavra de Deus. Onde é o marco zero e epicentro de seus atributos?
    É na Cruz.
    Nós vemos a justiça, a misericórdia e a ira e amor, bondade, fidelidade e santidade. Vemos todos os Seus atributos claramente visíveis na cruz. Portanto, a notícia da cruz, o Evangelho de Jesus Cristo, deve encher nossas reuniões.
    Então, pastor ou líder de adoração. Mostre-lhes a Palavra no culto de adoração, e preencha os seus encontros com a história do Evangelho. Deixe isto modelar a maneira que você conduz o culto. Deixe isto guiar como você pensa sobre o que seu povo deve pensar. Deixe que isto preencha as músicas e preencha suas exortações ao povo de Deus, porque, da maneira como eles ouvirem a Palavra e o Evangelho claramente, eles verão a glória de Deus claramente.
    Por: Daniel Renstrom. Copyright © 2016 Midwestern Seminary. (texto adaptado) Original: Our Aim in a Worship Service | Part One
    • Comentários
    • Comentários pelo Facebook
    Item Reviewed: Nosso objetivo em um culto de adoração Rating: 5 Reviewed By: Jefferson Sales
    Scroll to Top