Header Ads

Pare de Orar !


E se eu dissesse a você: "Pare de orar"? O que aconteceria se eu pedisse a você que parasse de conversar com Deus por algum tempo e, ao invés disso, desse uma olhada cuidadosa e demorada nele antes de pronunciar a próxima palavra? Salomão fez o alerta: não devemos nos precipitar na hora de falar com Deus, apresentando-nos em sua presença apenas com as palavras. Isso é o que os tolos fazem.

 E geralmente é o que fazemos também. Fazemos parte de uma cultura que confia mais na tecnologia que na comunidade, uma sociedade em que as palavras faladas e escritas são gratuitas, excessivas e pouco valorizadas. Nossa cultura diz que vale tudo; quase não se ouve falar a respeito do temor de Deus. Demoramos muito para ouvir, falamos precipitadamente e logo nos exasperamos.

O homem sábio se apresenta a Deus sem dizer uma palavra, e permanece em reverência diante dele. Contemplar o Deus invisível pode parecer um esforço inútil, mas Romanos 1:20 nos diz que, por intermédio da criação, podemos ver "os atributos invisíveis de Deus [...] e sua natureza divina..." Vamos começar este livro contemplando Deus em silêncio. Neste exato momento, quero que você entre na internet e dê uma olhada no vídeo O fator reverência no site para provar um pouquinho do fator reverência diante de nosso Deus. E sério: faça isso agora. Ficou sem saber o que falar? Impressionado? Prostrou-se em humildade? Quando vi aquelas imagens pela primeira vez, tive de adorar. Não queria falar nem dividir aquele momento com ninguém. Só queria me sentar bem quietinho para admirar o Criador. É uma loucura pensar que a maioria daquelas galáxias só foram descobertas nos últimos anos, graças ao telescópio Hubble. Elas já estavam no universo havia milhares de anos sem que os seres humanos sequer tivessem noção da existência delas.

Por que Deus teria criado mais de 350 bilhões de galáxias (e esta é uma estimativa conservadora) que tantas gerações de pessoas jamais viram ou mesmo imaginaram 9 existir? Você acha que era somente para que disséssemos: "Puxa, Deus é mesmo incrivelmente grande."? Ou será que Deus desejava que víssemos aquelas fotografias e reagíssemos dizendo: "Quem eu penso que sou?"

 R. C. Sproul escreveu: "Os seres humanos nunca se dão conta ou se convencem de sua insignificância enquanto não são confrontados com a majestade de Deus". The Holiness ofGod, Carol Stream: Tyndale House, 2000, p. 68.

Reflita comigo por um minuto e pense na complexidade de detalhes presente no outro lado da criação. Você sabia que uma lagarta possui 228 músculos separados e distintos na cabeça? Para um inseto, até que é pouco. Um olmo, árvore muito comum na Europa e na América do Norte, tem, em média, 6 milhões de folhas. E, ao bombear sangue para circular por todo o corpo, o coração humano gera pressão suficiente para espirrar sangue a uma distância de até quase dez metros. (Nunca fiz esse teste, e também não o recomendo). Você já parou para pensar em como Deus é criativo e diversificado? Ele não era obrigado a criar centenas de tipos diferentes de bananas, mas criou. Não tinha de colocar 3 mil espécies diferentes de árvores em um espaço equivalente a uma milha quadrada da floresta amazônica, e mesmo assim ele o fez. Deus não precisava criar tantos tipos de risadas. Pense a respeito dos diferentes sons de risadas de seus amigos — alguns deles chiam, outros roncam, riem em silêncio, fazem muito barulho ou produzem ruídos desagradáveis.

Que tal pensar em como as plantas desafiam a gravidade ao conduzir água de baixo para cima, a partir do solo, até chegar a seus troncos e ramos? Você sabia que as aranhas produzem três tipos de seda? Quando elas tecem suas teias, fabricam quase vinte metros de seda em apenas uma hora. Ao mesmo tempo, produzem um óleo especial nas patas; ele evita que as aranhas fiquem grudadas na própria teia. (A maioria das pessoas detesta aranhas, mas quase vinte metros de seda por hora merecem respeito!) Os corais são tão sensíveis que morrem se a temperatura da água variar um ou dois graus. Você sabia que, quando uma pessoa fica arrepiada, o pêlo está, na verdade, ajudando o corpo a se manter aquecido, enganando o controle da temperatura corporal? Já parou para pensar no simples fato de as plantas reterem dióxido de carbono (que é prejudicial aos seres humanos) e produzirem oxigênio (do qual precisamos para sobreviver)? Tenho certeza de que você já sabia disso, mas já parou para se maravilhar diante dessa realidade? E essas mesmas plantas que ingerem veneno e produzem vida são geradas a partir de sementes minúsculas que foram espalhadas pela terra. Algumas foram regadas, outras não. No entanto, depois de alguns dias, elas abriram passagem por dentro do solo até alcançar o calor dos raios de sol. Sejam quais forem as razões de Deus para tanta diversidade, criatividade e sofisticação no universo, na terra e até mesmo em nosso corpo, o objetivo de tudo isso é a glória do Senhor.

 A arte divina fala a respeito de Deus, refletindo quem ele é e como ele é. Os céus declaram a glória de Deus; o firmamento proclama a obra das suas mãos. Um dia fala disso a outro dia; uma noite o revela a outra noite. Sem discurso nem palavras, não se ouve a sua voz. Mas a sua voz ressoa por toda a terra, e as suas palavras, até os confins do mundo. Salmos 19:1-4

Fonte: Francis Chan, Crazy love


Nenhum comentário

Comente e deixe sua opinião

Fique com Deus

Tecnologia do Blogger.